Notícias


Fecomércio reúne publicitários e incentiva participação no concurso Marca Brasília

03/07/2017 11:55:20
A reunião ocorreu no dia 27 de junho e teve a participação do presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas e ex-presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz. Ele explicou como foi a criação da marca Brasil, há 12 anos.

A Fecomércio realizou na sede da entidade uma palestra para designers que tem a intenção de participar do concurso Marca Brasília. A reunião ocorreu no dia 27 de junho e teve a participação do presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas e ex-presidente da Embratur, Eduardo Sanovicz. Ele explicou como foi a criação da marca Brasil, há 12 anos, e como a ação engrandeceu o País como destino turístico.

O vice-presidente da Fecomércio e presidente da Câmara de Turismo da entidade, Francisco Maia, recebeu os convidados e comentou a iniciativa. “Estamos buscando criativos para engrandecer o nosso concurso. Também vamos fazer visitas as agências de publicidades para incentivar as pessoas a participarem do projeto. É um concurso da cidade para a cidade”, ressaltou Francisco Maia.

O palestrante Eduardo Sanovicz explicou que uma marca não surge apenas com intenções e desejos. “Após o primeiro processo, fizemos um concurso nacional, com 85 propostas, houve uma pré-seleção e a decisão da marca final foi unânime. Escolhemos aquela que incorporava as características culturais e pessoais do povo brasileiro. Em 2016, a marca completou 12 anos, e ainda está em atividade, sendo usada”, explicou. Ele salientou os resultados expressivos que o Brasil colheu após o lançamento da marca. “O País teve uma evolução no número de eventos internacionais, se inserindo entre os 10 maiores receptores de eventos. Além disso, antes da marca ser implementada o volume de dólares deixados no Brasil era de 5,5 milhões, em 2003. Após a campanha, esse número subiu para 1,5 bilhões em 2006”, comentou.

Sanovicz disse ainda que foram realizadas mais de 200 reuniões com profissionais da cadeia produtiva e fora dessa cadeia, com estudantes da área, responsáveis pelo ramo hoteleiro, comerciantes e etc. Sanovicz disse ainda que se fosse fazer uma marca para Brasília ele destacaria a singularidade da capital da República. “Não existem duas Brasílias, essa cidade é única. Tenho uma história com a cidade, vim morar aqui no final de 1963, eu fiquei encantando com a lógica da cidade. Esse sentimento que te dá, de relação entre as pessoas de várias localidades do País. Brasília é singular, ainda mais por conta de sua arquitetura. Gostaria de uma marca que me mostrasse que Brasília é única, acho que a marca ideal para a cidade seria nesse sentido de singularidade”, disse.

O publicitário Renan Nunes esteve presente e contou que não conhecia o processo de criação da marca Brasil. Segundo ele, é um trabalho complexo e que exige muito tempo e dedicação. “A palestra ajudou um pouco para abrir a cabeça e começar a pensar em uma marca que realmente represente a nossa cidade. Vou dar o meu melhor, para quem sabe, ganhar esse concurso”, afirmou.